Costa das Baleias


Abrolhos

Cidades e praias do extremo sul da bahia

Centro de Visitas. Instituto baleias Jubarte em CaravelasIlha da CassumbaPraia de Prado

Mucuri

No ponto extremo, ao sul da Costa das Baleias, está Mucuri, que tem duas praias. A pequena cidade tem casas rústicas e bares ao longo de seus 11 km de extensão de frente para o mar. Aí, na parte sul, está uma base do Projeto TAMAR de Tartaruga Marinha. Na cidade há uma pousada e um restaurante que serve comida regional. Há também um aeroporto regional perto da cidade. O acesso é via BA-698: 66 km, saindo de Teixeira de Freitas, no noroeste, na BR-101, ou saindo de Nova Viçosa, a 31 km ao norte, na mesma estrada.

Nova Viçosa

A última cidade ao longo da Costa das Baleias é Nova Viçosa, onde há sete praias bonitas e a Ilha de Coroa Vermelha – boa para mergulho. Duas das praias – Pau Fincado e Lugar Comum – são muito procuradas, especialmente pelos jogadores de vôlei de praia. As duas últimas praias – Sabacuí e Costa do Atlântico – são um tanto desertas e boas para a pesca de robalo e camarão. Em Costa do Atlântico, há uma pequena vila de pescadores.

Cerca de duas horas de barco de Nova Viçosa, encontram-se no mar corais de recife bons para mergulho. Um pouco ao norte está a Ilha da Coroa Vermelha, ilha deserta, com vistas submarinas espetaculares. Essa área no mar está no caminho para o Parque Marinho dos Abrolhos.

Caravelas

Fica a 870 km de Salvador e 36 km ao sul de Prado, na BA-001, às margens do Rio Caravelas, que aí encontra o mar. Ao longo da costa, perto da cidade, há bonitas praias, Kitongo, Grauçá e Iemanjá em Barra de Caravelas. A cidade é conhecida por suas festas religiosas, que atraem milhares de devotos. Fundada em 1.503, tornou-se um importante centro comercial nos séculos XVII e XVIII. Hoje, essa encantadora cidade colonial e suas praias vizinhas são lugares ideais para lazer, aonde convergem muitos turistas. Para conhecer a área, a melhor opção é dar um passeio de barco até Coroa da Barra situada nas margens do Rio Caravelas em frente a Barra de Caravelas, para o sul para conhecer os manguezáis da Ilha da Cassumba até Nova Viçosa e Coroa Vermelha, pequena ilha de origem coralífera a 12 millas náuticas da cidade. Caravelas é um dos três pontos de saída para visitar o Arquipélago dos Abrolhos e o Parcel das Paredes onde de julho a novembro é possível avistar baleias jubarte.

O acesso a Caravelas faz-se de carro, ônibus ou avião. Seu aeroporto atendia a região, com saída de Salvador e Belo Horizonte, a capital do vizinho estado de Minas Gerais e vôos charter provenientes de São Paulo, hoje não recebe mais turistas. A cidade tem acomodações hoteleiras confortáveis e boms restaurantes.

Como chegar em Caravelas, BA
Pousadas em Caravelas, BA


Alcobaça

É uma pequena cidade no sul, a 26 km de distância do Prado, onde há cinco bonitas praias – uma excelente para surfe – Coqueiro – com ondas muito fortes, uma boa para pesca – Barra – e três apropriadas para banho – Farol, Alcobaça e Zeloris.

Em Alcobaça, localiza-se o Centro de Visitantes do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos e um dos três pontos de saída para visitar o parque no arquipélago. A cidade tem pequenos hotéis e alguns bons restaurantes.


top

Prado

Localizada no extremo sul da Bahia, Prado está estrategicamente situada na região denominada como Costa das Baleias, devido à ocorrência de Baleias Jubarte, e na Costa do Descobrimento, por ter sido a Barra do Cahy, em terras Pradenses, o primeiro ancoradouro da esquadra Portuguesa em 1.500.

A parte central é toda plana, com casarios antigos e ruas calçadas com paralelepípedos o que proporciona passeios ciclísticos para todas as faixas etárias, num clima gostoso e interiorano.

Nas esquinas da cidade é que o turista descobre o que a Baiana tem: Com seus vestidos rendados, turbantes e colares coloridos, servem desde "apimentados" acarajés a deliciosas cocadas.

Com seus 84 km de praias ainda pouco exploradas, podemos apreciar lindas formações de falésias, num degradê de cores que variam entre o ocre, o bege e o vermelho; riachos que serpenteiam por quase todo o litoral e praias de águas mansas, mornas e convidativas.

A areia monazítica, muitíssimo procurada por suas características medicinais, é encontrada em inúmeras praias (Areia Preta, Cumuruxatiba, Japara etc.).

Os passeios de barcos e escunas, mostram toda beleza do encontro das águas do rio com o mar (Barra do Jucuruçu e Barra do Cahy) e, saindo de Cumuruxatiba, é possível fazer o mesmo percurso da Esquadra Portuguesa em 1500.

Os adeptos da pesca de mergulho ou aqueles que somente querem relaxar, não poderão ficar sem conhecer os recifes das Guaratibas, Timbebas e a Ponta do Corumbau, onde a ponta de areia avança mais de 1 km no oceano quando a maré está baixa. É uma visão espetacular. Às suas costas, ergue-se o imponente Monte Pascoal, que do alto dos seus 530 m aquietou os corações dos navegadores em 1500.

Longe de tudo- este é o significado da palavra Corumbau na língua dos Pataxós. Longe de todas as preocupações seria a expressão mais completa.

Mergulho nos recifes, passeios de caiaques, canoas e escunas... caminhar pelas praias, andar a cavalo, conhecer a reserva dos índios, o Parque Nacional, são os encantos desse paraíso ecológico e a magia do lugar.

No norte da área de Prado, há oito bonitas praias, boas para trekking por terra, visto que a maioria delas são formadas por penhascos altos e escarpados. Na direção sul, há mais cinco praias bonitas. Para banho, é melhor em Novo Prado, Prado e Barra, enquanto que, para pesca, é melhor nas duas mais ao sul – Quati e Guaratiba, a primeira rica em polvo e lagosta, enquanto a segunda tem uma extensa baía onde o robalo é abundante.

Chega-se a Prado pela BA-489, sendo 47 km de Itamaraju, 200 km de Porto Seguro e 812 km de Salvador. Prado tem um aeroporto regional. A cidade tem algumas construções do século XVI, variedade de hotéis e pousadas.

top

Praias de Prado

Praia da Lagoa Grande e Lagoa Pequena - A 3 km do centro, estas praias se destacam pela sua areia grossa e seu visual espetacular. Na linha do horizonte, o azul do céu se mistura com o verde do mar.

Praia Novo Prado - A 1 km do centro, o destaque é pela areia grossa. São as mais freqüentadas, devido à excelente infra-estrutura de barracas de praias, que oferecem deliciosos petiscos, cerveja bem geladinha e como não podia deixar de ser, muito coco gelado.

Praia do Prado - Barra do Rio Jucuruçu. Visual espetacular.

Praia da Barra - A 3 km do centro. A é um extenso colar de areias brancas, salpicadas pelo verde dos coqueirais. Como as ondas são fortes, é procurada por surfistas para a prática do esporte.

Praia do Quati - A 9 km do centro.

Praia de Guaratiba - A 9 km do centro. Perfeita para pesca e mergulho. Nesta praia estão os recifes das Guaratibas, que podem ser acessados por um passeio de barco (1h). Também pode-se ir até os corais de Timbeba (2h).

Falésias

O litoral de Prado é todo recortado por quilômetros de falésias, gravadas num degradê de cores que variam entre o ocre, bege e vermelho, com vegetação rasteira cobrindo alguns pontos.

A natureza é um espetáculo que enche os olhos do visitante. Ninguém escapa da paixão à primeira vista.

As falésias dominam o ambiente, imponentes, numa beleza sem par.
O mar é um convite constante ao mergulho.

Manguezais

Importante ecossistema existente nas regiões tropicais e subtropicais, resultante do encontro da água doce dos rios com a água salgada do mar. Os manguezais são verdadeiras florestas à beira mar.

Composto de matéria orgânica em decomposição e estrutura argilosa, o solo dos manguezais torna-se um celeiro alimentar indispensável às espécies que se reproduzem nesse ambiente. Esses seres vivos apresentam tanto importância ecológica quanto econômica, compondo a base de uma cadeia alimentar que inclui, no seu extremo, o próprio homem.

Os manguezais são considerados verdadeiros berçários do mar. A importância desse ecossistema para a nossa vida pode ser observada na riqueza e variedade de alimentos a base de peixes e crustáceos que consumimos.

Prado possui extensas áreas de manguezais praticamente intocados, propiciando passeios inesquecíveis, que coloca você em contato íntimo com toda exuberância de vida e beleza natural desse ecossistema.

Rio Jucuruçu

Serpenteando entre a cidade e a praia, o Rio Jucuruçu é uma paisagem deslumbrante. É sempre margeado de manguezais praticamente intocados. Barras verdes de matas e mangues, propiciam passeios inesquecíveis. Trapiches rústicos servem de ancoradouro a coloridos barcos pesqueiros. A pesca é artesanal e em harmonia com o meio ambiente.

top

Cumuruxatiba

O estilo de vida dessa aconchegante aldeia de pescadores é definido por uma frase cunhada pelos nativos: "Em Cumuruxatiba o tempo não tem pressa e a preguiça é mais gostosa".

Com belas praias recortadas por pequenos rios de águas limpas, ferruginosas e frias, contrastando com o mar de águas mornas e áreas remanescentes da mata atlântica, molduras por coqueiros, CUMURUXATIBA, tem muita história para quem a visita, a natureza é um espetáculo que enche os olhos dos visitantes, ninguém escapa da paixão à primeira vista.

CUMURUXATIBA o nome de origem indígena esconde uma simpática vila de pescadores, cercado por quilômetros de praias virgens, os índios da região (Pataxó) chamam o lugar de CUMURUXATIBA - (CUMUXA - quer dizer maré baixa e TIBA - maré alta - mar batendo nas falésias.

Segundo os historiadores, A BARRA DO CAHY, seria um dos mais prováveis local onde se deu o primeiro contato de NICOLAU COELHO, integrante da esquadra de PEDRO ÁLVARES CABRAL, com os índios. Em abril, época do descobrimento, o mar costuma ficar de ressaca e com ventos fortes (vento sul) e os recifes impediam a aproximação das caravelas na costa. Por isso, os portugueses rumaram para o norte em busca de um porto seguro.

Fotos de Cumuruxatiba

O PIER de CUMURUXATIBA, cartão postal da Praia da Vila, se incorporou à paisagem do lugar, construído nos anos 50 por uma empresa alemã com objetivo de facilitar o acesso de navios à praia para retirada da areia monazítica. É o segundo maior píer do mundo, com mais de 600 m de extensão.

A 1.500 quilômetros de SÃO PAULO, 500 km de VITÓRIA, e aproximadamente a 900 km de BELO HORIZONTE, CUMURUXATIBA iniciou seu destino turístico a mais ou menos a quinze anos, quando o povoado formado por mais ou menos uns 500 pescadores cafuzos, mulatos, índios e mamelucos receberam os primeiros pontos de energia elétrica.

A natureza praticamente intacta e o conforto da luz, recém chegada foram aos poucos agregando à vila, visitantes de diversos pontos do Brasil e do exterior. Ao eleger o local como moradia, montaram pousadas, restaurantes e barracas de praia ou passaram a prestar serviços.

A vila de CUMURUXATIBA já conta com uma estrutura razoável capaz de receber com conforto os visitantes.

Mais ao norte, cerca de 32 km pela praia, a natureza da outro show, a PONTA DE CORUMBAU, um banco de areia que avança mais de 600 metros para o mar, com um bando de gaivotas, que da uma beleza ímpar. Sua praia com águas verdes contrastam com o branco de areia e a cor de coca-cola do rio que corre do outro lado.

Longe de tudo - este é o significado da palavra Corumbau na língua dos Pataxó. Longe de todas as preocupações, seria a expressão mais correta... Imensa praia de águas mansas, mornas e cristalinas. Os passeios de barcos e escunas mostram toda beleza do encontro das águas do rio com o mar, e partindo de Cumuruxatiba é possível fazer o mesmo percurso da Esquadra Portuguesa em 1500.

Na maré baixa avista-se uma ponta de areia que avança aproximadamente 600 mts mar adentro.

O rio Corumbau serpenteia pela terra e vem desembocar na praia, numa beleza única. Do outro lado do Rio Corumbau, fica Barra velha, reserva dos índios Pataxó, com seus belos artesanatos.

Este passeio é feito de barco, é comum uma parada nos recifes PATAXO, o lugar é bom para mergulho e pesca submarina, e ainda, é onde pode se ver o MONTE PASCOAL, foi o primeiro ponto brasileiro captado pelas lunetas lusas.

top

Praias de Cumuruxatiba

Barra do Cahy - Praia semi-selvagem, banhada pelo Rio Cahy. É muito procurada por pescadores. Local do primeiro desembarque dos portugueses em terras Brasileiras. Ponto de avistamento do Monte Pascoal - Marco do descobrimento do Brasil.

Local de beleza exuberante e muito verde, na Fazenda Cahy. Praia de águas tranqüilas e com infra-estrutura de barzinho, com deliciosos petiscos.


Praia do Moreira
- Pequena praia semi selvagem em formato de ferradura, antiga área de nudismo. Também conhecida como a "praia dos namorados", por seu ar românticoe a natureza foi generosa em belezas naturais.

A praia é mansa, e na maré baixa aparecem grandes piscinas naturais nos recifes, povoados de peixinhos multicoloridos.

Acesso através de uma fazenda.

Tauá - Praia de areia batida com falésias e coqueirais formando paisagens de múltiplas cores.

Praia das Ostras - Praia coberta com falésias.

Praia do Tororão - Praia com areia fofa, pedras, arrecifes e um riacho que cai das falésias, formando uma pequena cascata na praia.

Praia do Japara - Linda praia deserta com uma gruta na falésia, onde se contra uma mina d'água.

Praia do Rio do Peixe Pequeno e Rio do Peixe Grande - Com falésia ao norte e amendoeiras por toda sua extensão. Possui vários arrecifes onde são pescados polvos, lagostas e camarões. Localizada entre 2 rios, possui uma faixa de areia que torna-se muito extensa em períodos de maré baixa.

Ponta do Imbassauba - Enseada deserta cercada de coqueirais e amendoeiras. Ótima para pesca de linha, caiaque e windsurf.

Praia da Vila - Com 1.200 metros de extensão, oferece uma grande variedade de barracas de praia e pousadas. A principal atração da praia é o PIER de mais de 600 metros de extensão, construído no início da década de setenta e hoje desativado.

Praia do Farol
- Extensa praia de areia acinzentada, onde está localizado o farol de Prado.
Praia Viçosa - Praia aberta, cercada de falésias e com um riacho que desagua na areia.
Praia Dois Irmãos - Praia de areia monazítica, com uma pequena cascata que cai das falésias diretamente na areia.

Praia Areia Preta - Praia de areia monazítica com falésias de até 30 metros. Própria para canoagem e windsurf.

Praia Calambrião - Nesta praia se encontram as areias monazíticas, muitíssimo procurada por suas características medicinais. As falésias também dão a característica desta praia.

Praia Dois Irmãos - Areias monazíticas e falésias dão o tom desta praia.

Como Chegar a Cumuruxatiba

DE CARRO:
VINDO DO SUL - seguir pela Br. 101 até Teixeira de Freitas, pegar a entrada no sentido ALCOBAÇA / PRADO e seguir até PRADO, seguindo para CUMURUXATIBA.

VINDO DO NORTE, seguir pela Br. 101 até ITAMARAJU e de lá pegar a rodovia estadual no sentido PRADO. 8km antes de PRADO entrar a esquerda para CUMURUXATIBA.

Se você vier de carro para Cumuruxatiba, cuidado! A cidade não possui postos de combustíveis. Você terá que abastecer em Prado ou Itamaraju (cidades vizinhas).

DE ÔNIBUS:
A Viação São Geraldo tem linhas diretas das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Belo Horizonte e muitas outras cidades brasileiras para Teixeira de Freitas e Itamaraju.

Uma vez em Teixeira de Freitas, pegue uma conexão no Expresso Brasileiro para Prado e Cumuruxatiba.

DISTÂNCIAS À CUMURUXATIBA

Prado
42 Km
Mucuri
200 Km
Caravelas
78 Km
Itamarajú
77 Km
Teixeira de Freitas
110 Km
Rio de Janeiro
1041 Km
Contato para passeios e observação de Baleias Jubarte em Abrolhos
Nome Email

Mês Saída 2 dias (1 noite) Saída 3 dias (2 noites)
Selecione embarcação:
Veleiro Sanuk Star Catamarã Sanuk Catamarans Netuno e Zeus
Consulta

Saídas desde a cidade de Caravelas, BA. Agende seu passeio com antecedência.
Catamarã Sanuk. Abrolhos, BA - Brasil
Catamarã Netuno. Abrolhos, BA - Brasil
Embarcações disponíveis | Viagens para Abrolhos
Saída de 3 dias (mínimo 4 pessoas) | Saída de 2 dias (mínimo 6 pessoas)
Fazemos saídas com 4 e 5 dias |Saídas desde a cidade de Caravelas (Bahia)
Veleiro Sanuk Star. Abrolhos, BA - Brasil
Catamarã Zeus. Abrolhos, BA - Brasil

Abrolhos BA | Costa das Baleias | Extremo Sul da Bahia | Cidades do Extremo Sul da Bahia
Parque Nacional Marinho dos Abrolhos - Costa das Baleias
Extremo Sul da Bahia - Brasil
Mergulho em Abrolhos
Como chegar
Baleias Jubarte
Descubra o Parque
Biodiversidade, ecossistemas, história
As Aves
Projeto Baleia Jubarte
Notícias e Artigos
Traslado Aeroporto Porto Seguro x Caravelas (Abrolhos) Táxi
Destinos Turísticos da
Costa do Descobrimento
Trancoso (Porto Seguro-BA)
Trancoso BahiaComo chegar em Trancoso
HotéisPousadas em Trancoso
Caraíva (Porto Seguro-BA)
Caraíva, BA
Como chegar em Caraíva
Pousadas em Caraíva
Casas e suítes para aluguel

Baleias Jubarte em Abrolhos - Passeios, Saídas


Galerias fotos de Abrolhos
Fotos de Baleias JubarteBaleias Jubarte
Fotos do Catamarã veleiro SanukFotos do Catamarã veleiro Sanuk
Fotos de grupos e mergulhadoresFotos de
grupos e
mergulhadores
Fotos Ilhas de AbrolhosIlhas de Abrolhos
Fotos de Mergulho: Cavernas, naufrágio, chapeirões.Mergulho:
Cavernas, naufrágio, chapeirões.
Fotos de Vida Marinha IVida Marinha I
Peixes, tartarugas, ...
Fotos de Vida Marinha IIVida Marinha II
Corais e vegetação.
Fotos de Aves. Rabo de palha, Atoba, Fragata.Aves
Rabo de palha, Atoba, Fragata.


Galerias fotos Costa das Baleias
fotos Costa das Baleias Nova Viçosa
Caravelas
Alcobaça
Prado
Cumuruxatiba
Videos de Abrolhos
Baleias Jubarte
Mergulho em Abrolhos
Naugrágio Rosalina
Pontos de Mergulho e Ilhas
Descoberta novo naufragio
Santuário Baleias Atlântico Sul
Proteção às baleias
Reportagem Globo Repórter
Capoeira Liberdade Caravelas